Paisagismo, Plantas Ornamentais, Decoracao, Jardins, Plantas, Grama Natural
Hotel Fazenda 3 PoderesHotel Aguas VivasHotel Litoral NorteHotel CaraguatatubaHotel MarAnuncie Grátis seu Carro no maior portal de compra e venda da América Latina
Loja Rede Desconto
banner
Saiba mais sobre Paisagismo

Equilibrando as cores no jardim


PaisagismoUm jardim feito somente de folhagens em tons de verdes pode ser muito bonito, quando colocamos plantas de tamanhos e folhas diferentes, formas arredondadas ou colunares, como nos jardins estilo alpino, também conhecidos como jardins italianos.

As coníferas, em especial os ciprestes tem seu lugar cativo neste projeto, onde flores ficam por conta de roseiras, arbustos, trepadeiras e plantas anuais.
São jardins de lugares onde o inverno é mais frio, mais ao sul do país.

Para jardins mais de clima tropical onde o uso de arbustos de folhas variegadas, como no fícos (Ficus lepreirii) ou mesmo multicolorido como no cróton (Codieum variegatum) fazem a dinâmica das cores atraentes do jardim, o pecado será tornar tudo tão colorido que haja saturação visual. A solução de usar vegetação somente verde e flores brancas é um recurso do paisagista.


Escolhendo as Plantas de Acordo com o Ambiente

JardimAs plantas devem ser escolhidas de acordo com o meio ambiente Quando começamos a planejar um jardim pensamos em colocar plantas que sejam bonitas, que apreciamos, sem pensar se necessitam de muitos cuidados de manutenção.

Feita a implantação este jardim passará por um período de acomodação do solo, as plantas se estabelecerão em seus lugares, ajeitando sua folhagem e iniciando o crescimento inerente a cada uma.

Passado algum tempo, é surpreendente como a cara do jardim atinge aquilo que se planejou e fique assim por longo tempo. Jardins modernos devem atender ao aspecto do meio ambiente: o clima, ventos, insolação são os mais importantes. Determinam o tipo de planta a ser colocado.

Um jardim econômico em água

A água é sempre uma preocupação neste mundo moderno, assustado com a possibilidade de escassez.

Zonas onde haja um regime de chuvas regular o uso de espécies que necessitam de mais água não tem problema.

Em algumas regiões, no entanto, há falta de chuvas ou é sazonal.
A água potável é cara e nem sempre podemos utilizar poços artesianos para regar o jardim.

O uso de espécies adaptadas para viverem com pouca água é uma solução, não querendo dizer com isto que serão somente cactos e suculentas.

O uso de grama em grandes extensões pode acarretar uma conta de água no fim do mês que irá pesar no bolso, pois qualquer que seja o tipo de grama utilizada, a água é absolutamente necessária para mantê-la bonita. Reduzir áreas gramadas ou utilizar regas controladas por aspersores são duas soluções ecológicas para quem não deseja ficar sem aquele tapete verde unindo todas as áreas do jardim.

Flores para atrair beija-flores e borboletas


Paisagismo Os beija-flores, com seu bico estreito e longo, são atraídos por flores campanuladas e de coloração amarela e vermelha, as borboletas apreciam flores de corola estreita tipo funil e são menos sensíveis à coloração.

Num jardim devemos introduzir espécies de plantas que atraiam estes agentes polinizadores, dando vivacidade ao espaço, encantando as pessoas.

Algumas plantas são de fácil cultivo, bonitas e que farão do jardim um ambiente propício ao aparecimento destes parceiros.

Não queremos dizer com isto que somente as plantas que sejam atraentes para pássaros e insetos deverão ser cultivadas.

Mas colocá-las entre as demais do jardim, além de embelezar, atrairá a fauna silvestre alada e dará vida ao espaço.

No entanto é preciso ter um cuidado: se for alérgico a abelhas evitar a colocação das plantas com néctar que sejam atraentes para elas, pois será um risco a correr.

"REDE DESCONTO - A Sua Loja na Internet" - Ótimos Preços e Excelentes Condições de Pagamento!
Clique Aqui e Acesse nossa Loja Online